O VOTO E A QUESTÃO EDUCACIONAL NOS ESTERTORES DA MONARQUIA

Adjovanes Thadeu Silva de Almeida

Resumo


O presente texto, com ligeiras modificações, é parte de minha dissertação de mestrado em Educação, defendida em 2001. O artigo discute a relação entre os atributos educacionais básicos (neste caso, a alfabetização) e a fruição de direitos eleitorais, a partir dos debates travados no Senado imperial durante a última década do regime monárquico, utilizando-se, para uma análise mais acurada, de obras de Hannah Arendt, Renato Lessa e Sérgio Buarque de Holanda, além de Vanilda Paiva.

Palavras-chave


Reforma eleitoral – Exclusão dos analfabetos – Cidadania – Participação política

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.