JOAQUIM MANOEL DE MACEDO E O IHGB

Adjovanes T. Silva de Almeida

Resumo


O presente artigo pretende analisar a trajetória intelectual de Joaquim Manuel de Macedo e sua relação com o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB). Discutiremos o papel de Joaquim Manuel de Macedo na estrutura organizacional do Instituto Histórico, e, a seguir, sua contribuição para a historiografia nacional desenvolvida durante o Segundo Reinado, em especial sua obra “O Ano Biográfico Brasileiro.”

 


Palavras-chave


IHGB; Joaquim Manuel de Macedo; História nacional; Brasil Império; Memória.

Texto completo:

PDF

Referências


BENTO, Cláudio M. Projeção do Exército no Sesquicentenário do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. In: Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, Suplemento. Rio de Janeiro, 1988 (1-289).

_____. O Exército no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. In: Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. Suplemento. Rio de Janeiro, 1988 (1-289).

GUIMARÃES, Lúcia M. P. Debaixo da imediata proteção de sua majestade imperial. Rio de Janeiro: Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, 1995.

GUIMARÃES, Manoel L. S. Nação e civilização nos trópicos: o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e o projeto de uma história nacional. In: Estudos Históricos. Rio de Janeiro, n. 1, 1988.

HOBSBAWM, Eric J. A era dos impérios. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.

______. Nações e Nacionalismo desde 1780 - programa, mito e realidade. São Paulo, Paz e Terra, 1991.

IGLESIAS, Francisco. “Há 150 anos fundava-se o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro”. In: Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. Suplemento. Rio de Janeiro, 1988 (1-289).

MACEDO, Joaquim Manoel de. O Ano Biográfico Brasileiro. Rio de Janeiro: Tip. e lit. do Imperial Instituto Artístico, 1876, 3 v.

Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. Rio de Janeiro: IHGB, 1876.

SACRAMENTO, Augusto V. A. Blake. Dicionário Bibliográfico Brasileiro. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 4 volumes, 1970.

SEARA, Berenice. IHGB: a memória do Brasil faz 150 anos. In: Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. Suplemento. Rio de Janeiro, 1988 (1-289).

SCHWARCZ, Lilia M. As barbas do imperador: D. Pedro II, um monarca nos trópicos. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

_____. O espetáculo das raças: cientistas, instituições e a questão racial no Brasil (1870-1930). São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

TAPAJÓS, Vicente. A Revista em três tempos. In: RIHGB. Rio de Janeiro, 150 (362): 1-180, jan./mar. 1989.

TAVARES, Aurélio de L. O Sesquicentenário do Instituto. In: Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, Suplemento, Rio de Janeiro, 1988 (1-289).

VARNHAGEN, Francisco A. de. História do Brasil. São Paulo, Melhoramentos, 1972.

_____. História da Independência. São Paulo, Melhoramentos, 1972.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.