O Computador na Educação Musical: Transformação ou Conservadorismo?

Mônica Repsold

Resumo


Visando ao ensino da música, o estudo buscou a relação do Computador com a Educação Musical, e a descrição e análise dos objetivos de softwares americanos produzidos especificamente para essa área, categorizados em "tutoriais", e outros, produzidos para músicos profissionais, categorizados em "composição e edição".  O estudo também abordou a informática na educação e o papel do professor e da escola nesse contexto.  Para a análise foram usados como referenciais teóricos: a) na Educação Musical, Paynter, Shafer e Gainza; b) na teoria da aprendizagem, Bruner, Piaget e Skinner; c) na educação, Saviani e Caldart entre outros; d) na Informática na Educação, Almeida e Papert.  Concluiu-se que os softwares tutoriais para educação musical não são adequados para a aprendizagem musical, pois têm base numa proposta behaviorista de treinamento, e que os softwares para composição e edição são baseados na linha cognitivista e portanto, adequados, porém, para a utilização por iniciantes, devem ser desmembrados em programas simples e de complexidade crescente.  Concluiu-se, também, pela necessidade da transformação do professor e da escola frente a este novo caminho e da elaboração por equipes brasileiras de programas graduados em níveis diferentes de dificuldade na linha dos softwares para composição e edição.

The purpose of this study was to find out the relationship between the computer and Musical Education aiming the teaching of music.  It was also to describe and analyse only Americans softwares especifically produced to this area, classified as “tutorials” but also others produced to professional musicians, classifieds as “composition and edition”.  This study also approached the computer in education and the hole of the teacher and school in this context. The theoretical references to the analyses were: a) In Musical Education: Paynter, Shafer and Gainza;  b) in the development theory: Bruner, Piaget and Skinner;  c) in the education: Saviani, Caldart among others;  d) in the Computer in Education: Almeida e Papert.  We conclude that the “tutorials” softwares are not adequate to the teaching of music because they have a behaviorist treatment.  The “Composition  and Edition” softwares are based on a cognitive line so, they are adequate.  It  is important to observe that when used by beginners they have to be divided into simple programmers and with increasing complexity.  We also conclude that school and the teacher have to change as this scientific way came to our life.  We also have to form Brasilian terms to prepare this programmes with increasing difficulties in the “composition and edition” softwares.


Palavras-chave


Educação Musical; Computador na Educação Musical; Informática Educativa.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.33025/irdemcp2.v2i2.1532

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


      ISSN 2594-407X

 

                                       URL: https://cp2.g12.br/ojs/index.php/interludio

                                           email: interludiorevista@hotmail.com

 

                                     Publicação do Departamento de Educação Musical (DEM)

                                                         em parceria com 

                       Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura (PROPGPEC)

                                                   Pró-Reitoria de Ensino (PROEN)

                   Curso de Especialização em Práticas Musicais na Educação Básica (DEM)

                                                         

 Este trabalho está licenciado com uma Licença

 Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.