Educação Musical e Musicalização: dualidade nos tempos atuais

Regina Campelo

Resumo


Resumo: O presente texto é um recorte de minha pesquisa de Mestrado, que tratou do trabalho coral realizado na Igreja Presbiteriana do Brasil.  Aqui são apresentadas minhas reflexões sobre as diferenças existentes entre educação musical e musicalização.  Apesar de ser parecido o significado das mesmas, é preciso distingui-las.  A educação musical é mais específica, pois abrange a escrita musical, o domínio do código.  Por outro lado, na musicalização o aluno deve conhecer e definir as diversas manifestações musicais e culturais, ingressando assim em seu contexto sociocultural.  Além da análise desses dois processos, apresentamos algumas aplicações dos aspectos discutidos.

Resumen: El presente texto es un recorte de mi investigación de Maestría, que trató del trabajo coral realizado en la Iglesia Presbiteriana de Brasil.  Aquí se presentan mis reflexiones sobre las diferencias existentes entre educación musical y musicalización.  Pese a su significado parecido, es preciso distinguirlas.  La educación musical es más amplia, pues abarca la escrita musical, el dominio del código.  Por otro lado, la musicalización tiene una propuesta más abarcadora, en la cual el alumno debe conocer y definir las diversas manifestaciones musicales y culturales, ingresando así en su contexto sociocultural.  Además del análisis de esos dos procesos, presentamos algunas aplicaciones de los aspectos discutidos.

Abstract: The present text is a excerpt of my Master dissertation which focused the work of the choir developed at the Presbiterian Church of Brazil. Here I present my reflections on the differences betweem music education and musicalization.  Despite the fact that the meanings of both terms are similar, it is necessary to distinguish them.  The meaning of music education is wider as it covers musical writing, the knowledge of the music language.  On the other hand, musicalization has a wider proposal, which means that the student is supposed to know and define the different musical and cultural manifestations and, in this way, take part in those social-cultural contexts.  In addition to the analysis of those two processes, I also present some uses of the discussed issues.


Palavras-chave


Educação Musical; Musicalização; Coro; Igreja Presbiteriana do Brasil.

Texto completo:

PDF

Referências


ARONOFF, Frances Webber. La Música y el Nino Pequeno. Buenos Aires: Ricordi, 1991.

ARROYO, Margarete. Educação Musical: Um Processo de Aculturação ou de Enculturação? Revista em Pauta. Porto Alegre, v. l. 1 n. 2, p-29-43, jun/1990.

BEYER, Esther. Os múltiplos desenvolvimentos Cognitivos - Musicais e sua Influência sobre a Educação Musical. Revista da ABEM. ABEM: Ano. 2, n. 2, p. 53-67, jun/1995.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. Cultura Camponesa e Educação Rural. São Paulo: Papirus, 1983.

CANDAU, Vera Maria. Da exaltação a Negação: a busca da relevância. Petrópolis: Ed. Vozes, 1984.

CONDE, Cecília, NEVES, José Maria. Música e Educação Não Formal. Pesquisa e Música. Rio de Janeiro: v.1, n.1, p.41-52. 1984-1985.

DUARTE JUNIOR. João Francisco. Fundamentos Estéticos da Educação. São Paulo:Papirus, 1981.

FORRAI, Katalin. O Espírito de Kodály. Boletim S.K.B. (Sociedade Kodály do Brasil), ano 1, n.1, pp.10-15, jan/1996.

GAINZA, Violeta Hemsy de. La Improvisación Musical. Buenos Aires: Ricordi, 1983.

GUATTARI, Félix e ROLNIK, Sueli. Micropolítica. Cartografias do Desejo. Petrópolis: Vozes, 1986.

HARNONCURT, Nikolaus. A música em nossa vida. Rio de Janeiro: Ed. Jorge Zahar, 1988.

LUCKESI, Cipriano Carlos. O Papel da Didática na formação do Educador. Petrópolis: Ed. Vozes. 1984.

MARTINS, Raimundo. A Função da Análise no Processo de Aprendizagem em Música. Porto Alegre. Revista da ABEM. Porto Alegre, ano. 2, n. 2, p.96-103, jun/1995.

OLIVEIRA, Alda de Jesus. A Educação Musical no Brasil: ABEM. Revista da ABEM. Porto Alegre, ano. 1, n. 1, p.3540, mai/1995, Porto Alegre, 1992

PETENAUDE, Gilbert. Alcançar a música através do Canto Coral. Boletim S.K.B. (Sociedade Kodaly do Brasil). ano 1, n.2, pp. 6-15, nov/1996.

PAYNTER, John. Oir, Aqui y Ahora. Buenos Aires: Ricordi, 1991.

PENNA, Maura. Reavaliações e Buscas em Musicalização. São Paulo: Loyola, 1990.

SANTOS, Regina Márcia Simão. Acontecimento Musical no Processo de Ensino Aprendizagem: Recepção, Intertextualidade e Enunciação. In: Anais do Congresso Nacional da FAEB, VIII, 1995, Florianópolis. FAEB, 1995. p. 87-93.

SCHAFER, R. Murray. Quando las Palabras Cantam. Buenos Aires: Ricordi,1970.

SWANWICK, Keith. Permanecendo Fiel à Música na Educação Musical. Tradução Diana Santiago. In: Anais do Encontro anual da ABEM, II, 1993. Porto Alegre: ABEM, 1993. p. 19-32.

SEVERINO, Antonio Joaquim. A Formação Profissional do Educador: Pressupostos Filosóficos e Implicações Curriculares. Revista Nacional de Educação (ANDE) Cortez Editores, Ano 10, n.17, 1991.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/irdemcp2.v2i2.1540

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


      ISSN 2594-407X

 

                                       URL: https://cp2.g12.br/ojs/index.php/interludio

                                           email: interludiorevista@hotmail.com

 

                                     Publicação do Departamento de Educação Musical (DEM)

                                                         em parceria com 

                       Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura (PROPGPEC)

                                                   Pró-Reitoria de Ensino (PROEN)

                   Curso de Especialização em Práticas Musicais na Educação Básica (DEM)

                                                         

 Este trabalho está licenciado com uma Licença

 Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.