PROJETOS PEDAGÓGICOS NA EDUCAÇÃO INFANTIL: POSSIBILIDADES DE EXPERIÊNCIAS ORIENTADA PELO DESEJO E PELA CURIOSIDADE INFANTIL

Leilane Martins, Vera Moura

Resumo


Este texto apresenta reflexões acerca dos trabalhos com projetos na Educação Infantil a partir de uma experiência ocorrida no Colégio Pedro II, no Centro de Referência de Educação Infantil Realengo (CREIR). Com o objetivo de validar teoricamente a opção pela metodologia da Pedagogia de Projetos como forma de organização do trabalho pedagógico com crianças pequenas, abordamos especialmente autores que se dedicam aos estudos da temática (Hernandez, 1998; Barbosa e Horn, 2008; Rinaldi, 1999; Corsino, 2009). No diálogo entre a teoria e a prática apresentada, buscamos realçar uma proposta de trabalho, cuja organização pedagógica assume um lugar em função das necessidades de aprendizagem das crianças, da curiosidade e dos desejos infantis. A descrição detalhada e cuidadosa das experiências relatadas, teve como objetivo destacar as interações e as brincadeiras como fio condutor das propostas e das temáticas que costuraram o projeto. Buscamos, propositalmente, enfatizar que o projeto aqui descrito, não teve como finalidade atender a uma lógica conteudista e sim de valorizar as experiências infantis, as estratégias metodológicas e as ações pensadas para enriquecer e ampliar o repertório cultural e proporcionar vivências significativas para as crianças no cotidiano escolar. Para tal, procuramos evidenciar a riqueza e a complexidade da construção do currículo na educação infantil como algo vivo, inovador e emergente das experiências dos sujeitos envolvidos na proposta.


Palavras-chave


Educação Infantil; Prática Pedagógica; Currículo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.