QUE LUGAR É ESSE? O pátio e as suas potencialidades no cotidiano da Educação Infantil

Ana Carolina de Jesus dos Santos

Resumo


Neste texto analiso as interações das crianças no espaço externo da Unidade de Educação Infantil Realengo do Colégio Pedro II, a partir das experiências e observações realizadas como bolsista de Iniciação à Docência – PIBID – UFRJ. No período de agosto de 2014 a dezembro de 2015, participei semanalmente das experiências em uma turma de crianças de 5 e 6 anos. O eixo de análise desse trabalho são as interações e experiências diversificadas que o espaço externo possibilita no contexto observado. A pesquisa de campo mostrou que no espaço externo há o incremento das interações sociais e com a natureza, bem como a possibilidade de atuação enriquecedora dos professores, incentivando as experimentações das crianças. Assim, trago no presente artigo a importância de considerarmos os espaços externos no planejamento e nas práticas do cotidiano, enriquecendo as interações das crianças com seus pares, ampliando a liberdade para seus corpos, suas brincadeiras e criações.


Palavras-chave


Educação Infantil; Espaços Externos; Iniciação à Docência.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.