A BIDOCÊNCIA COMO CUIDADO COM OS SUJEITOS NA EDUCAÇÃO INFANTIL DO COLÉGIO PEDRO II

Renata Santos, Tatiana Mello

Resumo


A Educação Infantil do Colégio Pedro II se diferencia da maioria dos sistemas de ensino público municipais e privados de nosso país, por apresentar uma estrutura pedagógica na qual cada turma é regida por dois professores simultaneamente – o que chamamos de bidocência. A implementaçãodesta organização escolartraz,para ação, a concepção de infância e de Educação Infantil que esta instituição acredita e defende. Aposta em uma prática educativa que nega a presença de um professor para educar e um auxiliar para cuidar compreendendo a ação docente, principalmente nesta faixa-etária, como ações que integram e associamo educar e o cuidar em todos os momentos de seu cotidiano.   Afirma, assim, um olhar cuidadoso sobre as especificidades do desenvolvimento e das necessidades dos bebês e das crianças pequenas. À luz das Diretrizes Curriculares Nacionais, este texto traz a reflexão sobre as possibilidades de ações de cuidado propiciadas pela bidocência,colocando o foco  na importância da observação compartilhada sobre cada criança para a avaliação, planejamento e vivência de experiências que podem contribuir para uma educação inclusiva.

Palavras-chave


Bidocência; Cuidado; Inclusão.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.33025/praticasei.v1i1.374

Apontamentos

  • Não há apontamentos.