DISCIPLINAS ELETIVAS LIGADAS À EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO MÉDIO EM TEMPO INTEGRAL DE JUAZEIRO DO NORTE – CE

Francisco Matos dos Santos Junior, José de Caldas Simões Neto, Marcos Antônio Araújo Bezerra, Samira Bruno Diniz

Resumo


Em virtude das novas demandas da sociedade contemporânea, as quais influenciando especialmente os adolescentes que estão ligados com as informações e comunicação em rede, o ambiente escolar, busca atender a esse novo público com a oferta de uma matriz curricular mais flexível e contextualiza com sua realidade. O objetivo da pesquisa foi identificar as disciplinas eletivas ligadas à Educação Física nas escolas de ensino médio tempo integral em Juazeiro do Norte-CE. A pesquisa foi de caráter documental e de cunho qualitativa, em que listou a oferta da parte diversificada do currículo do ensino médio. A amostra foi composta por cinco escolas públicas de ensino médio em tempo integral, com a descrição direta das disciplinas eletivas ofertadas na área da Educação Física. E constatou-se que do semestre 2018.1 a 2019.1, foram ofertadas 562 eletivas, sendo 75 ligadas à Educação Física, representando 13,35% das disciplinas.


Palavras-chave


Educação Física; Ensino Médio; Currículo.

Texto completo:

PDF

Referências


ALCÓCER, Juan Carlos Alvarado et al. Tecnologias sustentáveis, sustentabilidade e práticas pedagógicas no ensino médio. Revista Científica Linkania Master, v. 5, n. 1, 2015.

BETTI, Mauro. Esporte na mídia ou esporte da mídia? Motrivivência, n. 17, 2001.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Ensino Médio. 2018.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação (CNE). Parecer n. 15, de 1 de junho de 1998.Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Brasília, DF, 1998.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/ensino_ medioinovador.pdf. Acesso: 01 nov. 2018.

BRASIL. Lei de Diretrizes e B. Lei nº 9.394/96, de 20 de dezembro de 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Concepções e Orientações Curriculares para a Educação Básica. Coordenação Geral de Ensino Médio. Ensino médio inovador. Brasília, DF, 2009. Disponível em:. Acesso: 01 nov. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Concepções e Orientações Curriculares para a Educação Básica. Coordenação Geral de Ensino Médio. Ensino médio inovador. Brasília, DF, 2009. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/ensino_ medioinovador.pdf. Acesso: 01 nov. 2018.

BRASIL. Resolução CNE/CEB 2/2012. Assunto: Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Brasília: aprovado em 31 de janeiro de 2012. Diário Oficial da União, Brasília, 31 de janeiro de 2012, Seção 1, p. 20.

BRASIL. SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL. Parâmetros curriculares nacionais: educação física. MEC/SEF, 1997.

FERREIRA, Helen Betane; REES, Dilys Karen. Educação integral e escola de tempo integral em Goiânia. Educação & Realidade, v. 40, n. 1, 2015.

CAVALIERE, Ana Maria. Tempo de escola e qualidade na educação pública. Educação & Sociedade, v. 28, n. 100, p. 1015-1035, 2007.

CEARÁ, Governo do Estado do. Relação de Escolas Estaduais de Educação Profissional. 2018. Disponível em: http://portal.seduc.ce.gov.br/index.php/ desenvolvimento-da-escola/110-educacao-profissional/6695-relacao-de-escolas-estaduais-de-educacao-profissional. Acesso em: 31 ago. 2018.

CREDE 19. Educação: Governo lança Programa de Ensino Médio Integral no Ceará. 2017. Disponível em: https://crede19.seduc.ce.gov.br/index.php/noticias/14-lista-de-noticias/2666-educacao-governo-lanca-programa-de-ensino-medio-integral-no-ceara. Acesso em: 01 nov. 2018.

DA SILVA, Alex Rosa. O caráter da educação e do trabalho juvenil: empecilhos na sociedade brasileira contemporâne. Khóra: Revista Transdisciplinar, v. 2, n. 3, 2015.

DA SILVA, Hedgard Rodrigues; XAVIER, Cristina Helena de Carvalho. disciplina eletiva no ensino médio–“cultura popular: costumes e tradições do povo nordestino”. 2018.

DA SILVA, Mônica Ribeiro. Currículo, ensino médio e BNCC-Um cenário de disputas. Retratos da Escola, v. 9, n. 17, 2016.

DARIDO, Suraya Cristina. Temas transversais e a educação física escolar. Universidade Estadual Paulista. Caderno de formação: formação de professores didática dos conteúdos. São Paulo: Cultura Acadêmica, v. 6, p. 76-89, 2012.

DARIDO, Suraya Cristina; RANGEL, Irene Conceição Andrade. Educação Física Na Escola: Implicações Para a Prática Pedagógica. Grupo Gen-Guanabara Koogan, 2005.

FERRETI, Celso João; RIBEIRO DA SILVA, Monica. Reforma do Ensino Médio no contexto da medida provisória n 746/2016: estado, currículo e disputas por hegemonia. Educação & Sociedade, v. 38, n. 139, 2017.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2018.

GONÇALVES, Antonio. Reflexões sobre educação integral e escola de tempo integral. Artigo publicado no Cadernos Cenpec n.º 2 – Educação Integral – 2º semestre 2006.

INSTITUTO de Corresponsabilidade da Educação. Modelo Pedagógico. Metodologias de Êxito da Parte Diversificada do Currículo. Componentes Curriculares – Ensino Médio. 1o edição. Recife – PE, 2015.

KRAWCZYK, Nora et al. Ensino Médio: empresários dão as cartas na escola pública. Educação & Sociedade, 2014.

LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica / Marina de Andrade Marconi, Eva Maria Lakatos. – 8. ed. – São Paulo: Atlas, 2017.

LEITE, Lúcia Helena Alvarez; DE CARVALHO, Paulo Felipe Lopes. Educação (de tempo) Integral e a Constituição de Territórios Educativos. Educação & Realidade, v. 41, n. 4, p. 1205-1226, 2016.

LEITE, Marcelo Henrique. Para além da ilustração: o museu de história como lugar de reflexão sobre pluralidade cultural. Educação Básica Revista, v. 4, n. 1, p. 5-20, 2018.

LINGUAGENS, Códigos. Orientações curriculares para o ensino médio. 2006.

MOZENA, Erika Regina; OSTERMANN, Fernanda. Sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e o Ensino de Física. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 33, n. 2, p. 327-332, 2016.

OPOVO. CEARÁ ENSINO MÉDIO: Ceará terá 228 escolas em tempo integral em 2018. Disponível em: http://blogs.opovo.com.br/novoensinomedio/2018/03/22/ceara-tera-228-escolas-em-tempo-integral-em-2018/. Acesso em: 30 ago. 2018.

PALMA, Yáskara Arrial et al. Parâmetros curriculares nacionais: um estudo sobre orientação sexual, gênero e escola no Brasil. Temas psicol., Ribeirão Preto, v. 23, n. 3, p. 727-738, set. 2015. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-389X201500030 0016&lng=pt&nrm=iso. Acessos em 24 ut. 2018.

POSSER, Juliana; DE ALMEIDA, Lia Heberlê; MOLL, Jaqueline. Educação Integral: Contexto Histórico Na Educação Brasileira. Revista de Ciências Humanas, v. 17, n. 28, p. 112-126, 2016.

PERINI, Talita Adão et al. O ensino da ética na educação física escolar. In: Association for Moral Education Conference Proceedings. 2016.

RICARDO, Elio Carlos; ZYLBERSZTAJN, Arden. Os parâmetros curriculares nacionais para as ciências do ensino médio: uma análise a partir da visão de seus elaboradores. Investigações em Ensino de Ciências, v. 13, n. 3, p. 257-274, 2016.

RUFINO, Luiz Gustavo Bonatto. Trabalho e consumo, mídia e lutas: construção, implementação e avaliação de um vídeo educativo nas aulas de educação física. Revista Corpoconsciência, v. 20, n. 3, p. 77-91, 2017.

SILVA, Monica Ribeiro da; JAKIMIU, Vanessa Campos de Lara. Do texto ao contexto: o Programa Ensino Médio Inovador em movimento. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v. 24, n. 93, p. 910-938, 2016.

SOARES, Everton Rocha. Educação Física no Brasil: da origem até os dias atuais. Lecturas: Educación física y deportes, n. 169, p. 3-5, 2012.

SIMÕES NETO, José de Caldas. ROCHA, Ariza Maria. Educação Física na prática da Educação Ambiental [recurso eletrônico]. Dissertação de Mestrado em Educação na Universidade Regional do Cariri, Crato, 2019.

TARTUCE, Gisela Lobo BP et al. Desafios do ensino médio no Brasil: iniciativas das secretarias de educação. Cadernos de Pesquisa, v. 48, n. 168, p. 478-504, 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/tefe.v5i1.2128

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2525-5916

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.