CORPOS QUE SE (RE)DESENHAM: dialogando com narrativas das infâncias a partir da experiência com as danças urbanas

Nayara da Silva Ribeiro Melo, Ingrid Lourenço de Amorim Corrêa, Iara Mirella de Souza Rodrigues, Thayane de Araujo Rodrigues, Adriana Martins Correia, Martha Copolillo

Resumo


Este trabalho tem o objetivo de relatar os desdobramentos de um Projeto de Ensino realizado pelo Instituto de Educação Física da Universidade Federal Fluminense. Aqui descrevemos as oficinas desenvolvidas na Escola Municipal Anísio Teixeira, a partir da demanda que identificamos no primeiro encontro realizado. O relato está baseado em registros ordenados dos eventos que aconteceram na escola no ano de 2019, totalizando quatro oficinas.  Nestes encontros ficou evidenciado que precisaríamos trabalhar as relações étnico-raciais, apresentando algumas referências e personagens negros para que se reconhecessem e se sentissem parte de uma cultura, no caso a afrodescendente e afro-brasileira.


Palavras-chave


Cultura corporal; Relações-Étnico Raciais; Infâncias; Educação Física Escolar; Educação Infantil

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMOWICZ, Anete; LEVCOVITZ, Diana; RODRIGUES, Tatiane Cosentino. Infâncias em Educação Infantil. Different kinds of childhood in early childhood education. Pro-Posições, v. 20, n. 3, p. 179-197,2009.

CORAZZA, Sandra Mara. Infância & Educação – Era uma vez... Quer que conte outra vez? Petrópolis: Vozes,2002.

DAOLIO, Jocimar. Da cultura do corpo. Campinas: Papirus Editora, 1994.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Felix. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia. Trad. Suely Rolnik. v.4. Rio de Janeiro: Editora 34, 1997.

KOHAN, Walter Omar. A infância da educação: o conceito devir-criança. Lugares da infância: filosofia. Rio de Janeiro: DP & A, p. 51-68, 2004.

MARQUES, Isabel. Notas sobre o corpo e o ensino de Dança. Caderno Pedagógico, Lajeado, v. 8, n. 1, p. 31-36, 2011.

NEIRA, Marcos Garcia. Educação Física na perspectiva cultural: proposições a partir do debate em torno do currículo e da expansão do Ensino Fundamental. Revista Horizontes, p. 79-89, 2009. Disponível em: http://www2.fe.usp.br/~gpef/teses/marcos_20.pdf . Acesso em: 28 set. 2020.

NEIRA, Marcos Garcia; NUNES, Mário Luiz Ferrari. Contribuições dos estudos culturais para o currículo da educação física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Porto Alegre , v. 33, n. 3, p. 671-685, 2011. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32892011000300010 . Acesso em: 28 set. 2020

SARMENTO, Manuel Jacinto. Culturas infantis e interculturalidade. Produzindo pedagogias interculturais na infância. Petrópolis, RJ: Vozes, p. 19-40, 2007.

SAYÃO, Deborah Thomé. A construção de identidade e papéis de gênero na infância: articulando temas para pensar o trabalho pedagógico da educação física infantil. Pensar a prática, v. 5, p. 1-14, 2002.

SOARES, Carmem Lúcia et al. Metodologia do ensino da Educação Física. São Paulo: Cortez, 1992.

TOMÁS, Catarina. Infância como um campo de estudo multi e interdisciplinar, algumas reflexões. Revista Psicologia e Educação, v. 1, p. 131-146, 2002. Disponível em: http://psicologiaeeducacao.ubi.pt/Files/Other/Arquivo/VOL1/PE%20N1e2/PE%20N1e2_index_12_.pdf . Acesso em: 28 set. 2020.

WIGGERS, Ingrid Dittrich. Cultura corporal infantil: mediações da escola, da mídia e da arte. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 26, n. 3, 2005. Disponível em: http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/160 . Acesso em: 28 set.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/tefe.v5i2.3041

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2525-5916

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.