Entrevista sobre gestão estratégica com Roberto Bevilacqua

 

 

 

O que é gestão estratégica?

De forma bem sintética, o conceito de gestão estratégica acentua que, para além de se elaborar um plano estratégico, deve-se desenvolver um ambiente que favoreça o estado de “pensar e agir estrategicamente o tempo todo” na organização para poder lidar com um ambiente de mudanças e incerteza, a marca dos nossos tempos. Espera-se, ainda, que essa atitude permeie todos os níveis do órgão.


Qual a importância da gestão estratégica para uma organização?

A importância da gestão estratégica pode ser acentuada por dois aspectos, sem prejuízo de outros componentes: (1) destacar o olhar de fora para dentro da organização (os verdadeiros resultados estão fora da organização), (2) mudar antes que seja tarde (a realidade é muito mais rica, complexa e interessante do que a nossa pretensa capacidade de se planejar para tudo o que vai acontecer).


Quais as tendências da gestão estratégica na atualidade?

As tendências na atualidade, além de se privilegiar a consideração das expectativas das partes interessadas (uma visão centrada na sociedade), são de se tentar conciliar um processo flexível e mutante de planejamento com a sofisticação de mecanismos de controle como, por exemplo, o balanced scorecard, mapas estratégicos e outros recursos metodológicos de planejamento e controle.

 
Quais são os principais desafios de uma organização para implementar a gestão estratégica?

Destaquemos alguns: fortalecimento do servidor, capacidade de reação rápida, gestão por processos, flexibilidade, contatos com os elos, atuação em rede, inovação contínua, ênfase do controle em produtos e resultados, gestão de riscos e indicadores de desempenho que contemplem as diversas perspectivas na organização.

 
Quais as especificidades da gestão estratégica no serviço público?

Incorporar ao conceito geral de desempenho aspectos fundamentais próprios da natureza da atividade pública como, por exemplo: moralidade, eficiência, legalidade, impessoalidade, transparência, accountability, exposição permanente ao escrutínio público, equidade, razoabilidade e democracia, dentre outros.

 

 

Acessos Hoje:4966  Total Acessos:30723464