Projetos em execução no Departamento de História

 

 

 

Abordagens e Perspectivas do Currículo do Ensino de História na Educação Básica

Coordenadora: Drª Silvana Cristina Bandoli Vargas


Essa pesquisa encontra-se articulada ao Ensino de História, quanto aos objetivos e métodos, em particular sobre o seu lugar na Educação Básica diante dos desafios e inquietações da contemporaneidade, sem que tal proposta esteja a supor uma definição hermética e/ou visão previamente estabelecida sobre o ensino.


E importa enfatizar que essa pesquisa, embora implique em definições administrativas, não pode se restringir a uma discussão sobre cumprimento de diretrizes legais e/ou propostas pedagógicas. A perspectiva adotada, muito além da cronologia a supor distâncias no tempo, atravessa um campo político que norteia o Ensino de História como espaço de produção do saber e, a ele correlacionado, abre a possibilidade de compreender a prática docente na Educação Básica no âmbito da conjunção escrita-ensino.


Considerando o Colégio Pedro II como Instituto Federal Superior de referência na Educação Básica no país, os objetivos gerais encontram-se assim definidos: 1) Refletir sobre o Ensino de História, quanto aos objetivos e métodos, em particular sobre o seu lugar na Educação Básica. 2) Abordar perspectivas e possibilidades do Ensino de História, reconhecendo como ancoragem os seguintes pressupostos: o fosso entre conhecimento histórico/historiográfico e ensino; e a conjunção pesquisa e ensino. 3) Formular materiais didáticos, inclusive de conteúdos digitais elaborados com os alunos. 4) Reelaborar o Programa do Departamento de História enquanto um dos objetivos, mas não o único a ser desenvolvido.


História e Audiovisual

Coordenador: Dr. Rodrigo César da Silva Magalhães


O Grupo de Pesquisa História e Audiovisual foi formado a partir de projetos de pesquisa e atividades pedagógicas desenvolvidas por um grupo de professores do Departamento de História do Colégio Pedro II. Sua proposta é constituir-se em um espaço de reflexão, troca de experiências, debate e produção acadêmica de pesquisadores dedicados à interface entre História e Audiovisual.


Os recursos audiovisuais vêm se consolidando como um objeto da História a partir de um cenário no qual a própria disciplina e a profissão de historiador passam por mudanças de paradigmas. Tais mudanças ampliam os limites tradicionais da pesquisa histórica e incorporam novos métodos, fontes, objetos e problemas na sua escrita.


Neste sentido, o grupo abriga diferentes abordagens e perspectivas históricas presentes nas investigações que tomam os recursos audiovisuais como objeto de estudo da História, com o objetivo de estimular reflexões, pesquisas e novas propostas pedagógicas relacionadas ao campo, difundi-las e promover a sua introdução no cotidiano escolar.


Repercussões: a) participação dos membros do grupo em Encontros, Congressos e Seminários relacionados ao tema. b) publicação de artigos em periódicos nacionais e internacionais, de livros e de capítulos de livros. c) organização de eventos científicos nacionais e internacionais. d) oferta de disciplinas no Mestrado Profissional em Ensino de História do Colégio Pedro II. e) orientação de dissertações relacionadas à interface História e audiovisual no referido mestrado profissional. f) obtenção de financiamento de pesquisa das principais agências de fomento nacionais, bem como de organizações internacionais. g) formação de uma rede de pesquisadores interessados na relação entre História e audiovisual.

 

Fragmentos de Memória no Rio de Janeiro do século XX: ocupando espaços e reinventando a história

Coordenadora: Drª Ana Beatriz Frazão Ribeiro


Esse projeto relaciona a prática de projetos ao estudo de patrimônio à formação de professores, atuando no Programa de Residência Docente. Uma proposta inovadora na qual professores residentes realizam a prática docente no espaço extramuros institucionais, dialogando com a memória do centro da cidade e elaborando a pesquisa documental.


Nosso espaço de atuação é o centro da cidade, definimos, de atuação patrimonial três locais de memória, um interno e dois externos: o Núcleo de Documentação e Memória do Colégio Pedro II (NUDOM), o Museu de Arte do Rio de Janeiro (MAR) e a Região do Valongo. Tal projeto associa-se a um laboratório de prática realizada nas escolas de origem dos residentes, em que o estudo patrimonial, a criação de núcleos de pesquisa e a parceria com locais de memória subvertem o espaço escolar num processo dialógico com a comunidade do entorno.


Esse processo desenvolve o pertencimento ao bairro, à vida fora da escola, superando a dicotomia entre o conhecimento escolar e o cotidiano, a escola e a cultura popular. Significa a apropriação do saber cotidiano integrado ao conhecimento escolar, rompendo com a tradição serial. Trata-se de capacitar o professor residente a trabalhar com a metodologia da pesquisa aplicada ao ensino.


A elaboração teórica, confecção de material educativo, aplicação e avaliação significará para o residente um momento ímpar de vivenciar, no lócus da ação, a experiência docente, tomando forma na figura de nossos alunos, pequenos pesquisadores, capacitados para realizarem pesquisa em qualquer âmbito de conhecimento.


Acessibilidade e Inclusão: projeto multidisciplinar para alunos com necessidades especiais

Coordenadora: Drª. Márcia Cristina Pinto Bandeira de Mello


Este projeto tem como principal objetivo garantir uma qualidade de ensino para todo corpo discente do Colégio Pedro II (CPII), portanto, em uma perspectiva inclusiva, o Laboratório de Metodologia do Ensino de História do campus São Cristóvão III visa a criação e adaptação de material pedagógico para os estudantes com deficiência visual (cegos e baixa visão) e outras necessidades especiais.


O objetivo é confeccionar material didático que promova aos alunos de necessidades especiais uma maior acessibilidade ao conteúdo programático, às imagens, mapas e outros tipos de materiais de apoio. Todo o material confeccionado está à disposição dos alunos, com necessidades especiais ou não, em nosso site www.mphistoriavirtual.com, no setor de Educação Especial da instituição e, ainda, no Laboratório de História.


Diante de um mundo visual, em que o texto imagético passou a ser largamente utilizado em concursos de vestibulares e exames como ENEN e ENCEJA, percebe-se que a adaptação dessa nova forma de texto é indispensável aos alunos portadores de necessidades pedagógicas especiais. Por isso, não excluímos a importância do projeto quanto à produção de um material didático que poderá ser usado por todo corpo discente, atuando como um material de apoio para todos os alunos da instituição.


O projeto busca iniciar uma mudança no paradigma da inclusão social, para que a escola ou a sala de aula possa de fato tornar-se um lugar de convivência entre todos os tipos de inteligências, para que o aluno possa de fato ter acesso a seus direitos e necessidades e, também, desenvolver suas potencialidades.


Ressaltamos que a proposta de inclusão social de alunos com necessidades especiais é garantida pela legislação educacional brasileira. E, desta forma, buscamos garantir tal inclusão, no intuito de criarcondições estruturais e pedagógicas, além de uma maior capacitação dos professores.

 

Revista Encontros - A pesquisa e o desenvolvimento do conhecimento histórico na Educação Básica através da Revista Encontros

Coordenadora: Drª. Silvana Cristina Bandoli Vargas

Editora Responsável: Drª Ana Maria Ribas


Esse projeto associa-se à Revista Encontros (ISSN 1807-3867), criada no ano de 2003, já contando com vinte e um (22) volumes e em fase de reformulação institucional. O objetivo é articular pesquisa e desenvolvimento do conhecimento histórico ao Ensino de História sob uma dupla perspectiva: o campo historiográfico/teórico e os campos inter e transdisciplinares.


Considera-se os seguintes objetivos: 1) Reunir as produções realizadas no campo do ensino-pesquisa na área de história e em outras áreas do conhecimento, tendo em vista os interesses específicos articulados à missão do Colégio Pedro II como instituição federal de referência da Educação Básica no país. 2) Valorizar os percursos e enunciações sobre o lugar do professor no processo de formação e apropriação do saber. 3) Reconhecer a Educação Básica como espaço ao qual se entrecruzam teoria e prática. 4) Publicar artigos que discutam desde os domínios do ensino de história, investigações teóricas e metodológicas, resultados de pesquisa, relatos de experiências pedagógicas, resenhas e entrevistas. 5) Publicar artigos voltados à interlocução entre a História e outras áreas do saber, dedicadas sobremodo ao conhecimento e à reflexão sobre as sociedades humanas no entrecruzamento de temporalidades e espaços diversos.


O Ensino de História sob a perspectiva histórica / historiográfica

Coordenadora: Drª. Ana Maria Ribas


Esse projeto, em andamento desde 2013, encontra-se atualmente diretamente articulado ao Núcleo de Pesquisa em Ensino de História (NUPEH) do Departamento de História, buscando afirmar a intersecção entre pesquisa e ensino, além de entender que a prática docente elabora ou retraduz leituras do passado, cujas abordagens teórico-metodológicas convergem para o campo historiográfico e teórico da oficina da História. 1) Reconhecer o Ensino de História como campo de produção do saber histórico. 2) Compreender a prática docente na Educação Básica no âmbito da conjunção Escrita e Ensino de História. 3) Investigar o Ensino de História sob a perspectiva histórica/historiográfica. 4) Afirmar a interlocução entre escola e universidade.
 

 


 

Acessos Hoje:17573  Total Acessos:10332427